Especial,

Paulo Rogério mostra os caminhos da tecnologia inclusiva

Reportagem conjunta/Equipe Flor de Dendê: Cleidiana Ramos, Ludmila Cunha, Meire Oliveira e Susana Rebouças

No especial da Consciência Negra deste ano, a Flor de Dendê destaca a trajetória do publicitário e empreendedor Paulo Rogério Nunes. Aos 36 anos, ele é uma  referência para jovens negros que atuam no âmbito empresarial e no ramo da comunicação.

Em busca do sonho de transformar sua realidade e a do meio onde vive, Paulo Rogério foi construindo novos caminhos, hoje utilizados por outros tantos que foram tocados por suas ações. A motivação dele é a criação. Do curso de informática que fundou na casa onde cresceu no Subúrbio Ferroviário de Salvador para passar o que tinha aprendido em uma capacitação, após percorrer 20 países em ações em prol da diversidade, até a Aceleradora Vale do Dendê – sua mais recente investida– mostram a intenção de Paulo Rogério em ajudar iniciativas da população negra a ganhar projeção e sustentabilidade.

Neste bate-papo com a nossa equipe,  ele contou detalhes de sua  formação profissional, os projetos implantados e expectativas, além dos desdobramentos por ter participado de um encontro de jovens com o ex-presidente Barack Obama em São Paulo e nos Estados Unidos.

Paulo Rogério está participando de reuniões da Obama Foundation. Foto:  Anna Carolina Negri

Que nossas pautas por um mundo mais igual sejam sempre guiadas por essa energia de escolher caminhos inusitados, criativos e em prol de uma realidade mais agregadora, forte, positiva e altiva.

Primeiros passos

Paulo fala sobre o seu processo de formação e as escolhas que o levaram à conquista dos seus objetivos desde a infância no Subúrbio Ferroviário de Salvador, passando pela criação do Instituto Mídia Étnica e do Portal Correio Nagô e as demais atividades que exerceu em trabalhos fora do país.

 

Inovação

Conheça o projeto Vale do Dendê que busca transformar Salvador em uma referência nacional de economia criativa e inovação com foco no desenvolvimento do protagonismo dos jovens afro-brasileiros. Nele, Paulo divide a gestão com a relações-públicas Itala Herta, o jornalista Rosenildo Ferreira e o presidente do Instituto Brasileiro da Diversidade e do Conselho Deliberativo do Fundo Baobá para a Equidade Racial, Hélio Santos.

Diálogos

Este ano, Paulo foi um dos 11 líderes escolhidos para um encontro privado, em São Paulo, com o ex-presidente Barack Obama, e, logo depois, convidado para  falar  na abertura do primeiro evento internacional da Obama Foundation, em Chicago.  Saiba detalhes dessas reuniões, as perspectivas e sua análise sobre as possibilidades de estratégias de crescimento para a população negra.

 

0
0sem comentários

Escritor

Nasci em Cachoeira no recôncavo; cresci em Iaçu na Chapada Diamantina e há 24 anos vivo em Salvador. Transito, portanto, em três das áreas mais charmosas da Bahia. Sou jornalista, doutora em antropologia e mestra em estudos étnicos e africanos.

Deixe uma resposta

Siga @flordedende